Perguntas Frequentes sobre Stripping da Veia Safena

1

Quais são os riscos associados ao stripping da veia safena?

O stripping é um procedimento cirúrgico seguro e de baixo risco. No entanto, como qualquer cirurgia, tem alguns riscos tais como: equimose, reação alérgica à anestesia, infeção no local de incisão, hematomas, coágulos de sangue ou lesão nervosa.

2

A veia safena pode ser removida? Não preciso dessa veia?

A remoção da veia (stripping) não afeta a circulação do sangue nas pernas, uma vez que é “redirecionado” por outras veias saudáveis.

3

Posso andar após a remoção da veia?

Caminhar aumenta o fluxo sanguíneo. Por isso, paciente é aconselhado a deambular após o stripping da veia. No entanto, devem ser evitadas atividades extenuantes (ir ao ginásio, correr ou andar de bicicleta) até 30 dias após a intervenção.

4

Existem tratamentos alternativos ao stripping da veia safena?

Hoje em dia, existem procedimentos menos dolorosos e que podem apresentar melhores resultados no tratamento das varizes nas pernas. É o caso da ablação por radiofrequência. Fale com o seu médico especialista para perceber qual o procedimento mais indicado para a sua condição clínica.

Nota clínica: Esta página apresenta noções gerais e utiliza uma linguagem adequada aos leitores sem formação na área. O conteúdo foi redigido de acordo com o conhecimento científico atual sobre o tratamento stripping da veia safena para varizes e revisto pelos médicos da Allure Clinic.

 

Bibliografia:

Varicose Vein Stripping